terça-feira, 22 de novembro de 2011

dinossauros


Tiranossauro RexE-mail
Tiranossauro Rex
  • Seu nome significa “réptil rei tirano” por ter sido considerado um dos maiores predadores que existiram no mundo pelos seus descobridores;
  • Viveu no final da era dos dinossauros, entre 70 e 65 milhões de anos atrás, na América do Norte;
  • Um tiranossauro adulto poderia medir 15m de comprimento e 6m de altura, com dentes que poderiam chegar a ter entre 8cm e 16cm  de comprimento e 2,5cm de largura;
  • Antigamente era considerado o maior dinossauro carnívoro do mundo, mas hoje os paleontólogos já descobriram outras espécies maiores ainda;
  • Era um animal bípide, com seus braços sendo muito desproporcionais em comparação com o resto de seu corpo, mas os braços eram muito fortes, podendo levantar 200kg;
  • Especula-se que vivam em bandos familiares de um casal e seus filhotes. Isto é evidenciado em um fóssil da perna de um tiranossauro que havia quebrado em vida e que não deixaria o animal andar. O osso acabou sarando, indicando que o animal sobreviveu à fratura e consegui se recuperar, isto não poderia ter acontecido sem a ajuda de um parceiro que iria trazer alimento para o animal machucado.
 
DilofossauroE-mail
Dilofossauro
  • Nome significa “réptil com duas cristas” devido a crista em forma de “V” presente no topo de sua cabeça;
  • Viveu na América do Norte a 210 milhões de anos atrás, no início do Período Jurássico;
  • Foi um dos primeiros dos grandes dinossauros carnívoros, com 6m de comprimento e podendo chegar a 2,5 metros de altura;
  • Era carnívoro, mas as suas mandíbulas eram muito fracas, possivelmente ele se alimentava de pequenos animais ou de animais mortos;
  • Os cientistas especulam que a crista da sua cabeça deveria ter uma coloração bem viva, talvez um vermelho ou laranja com detalhes, e que essa coloração se intensificava quando o animal atingia a idade adulta e servia para atrair possíveis parceiros e espantar os rivais.
 
ApatossauroE-mail
Apatossauro
  • Nome significa “réptil enganoso” Este nome foi dado porque esse animal mudou de nome três vezes. Ele foi descrito originalmente como Apatossauro mas depois, devido a novas descobertas, seu nome mudou para Brontossauro. Pesquisas descobriram que o Brontossauro era realmente composto por duas espécies diferentes, o  corpo de uma e o crânio de outra, após perceber o engano, os cientistas arrumaram o engano e o dinossauro voltou a ser conhecido pelo seu nome original;
  • Viveu no final do Período Jurássico onde hoje são os Estados Unidos;
  • Um apatossauro adulto poderia chegar a medir 25m de comprimento e pesar perto de 30 toneladas;
  • Era herbívoro, se alimentava tanto de vegetação rasteira quanto de folhas nas copas das árvores;
  • Há trilhas fósseis de apatossauros que indicam que esse animal andava em manadas compostas de vários indivíduos de diferentes idades. Isto garantia proteção para os membros da manada;
  • Como principal defesa ele usava seu grande tamanho para espantar os predadores, mas em caso de briga, ele poderia pisotear seu inimigo com suas poderosas pernas;
  • Não eram animais muito velozes devido ao seu grande tamanho.
 
DeinonicoE-mail
Deinonico
  • Nome significa “garra terrível”, devido a grande garra em forma de foice que existia no segundo dedo de seus pés;
  • Viveu no início do Período Cretáceo na América do Norte;
  • Tinham 4m de comprimento e 1,80m de altura;
  • Eram animais ágeis, que possivelmente caçavam em bando para que juntos poderiam derrubar presas muito maior que eles;
  • Possivelmente tinha penas
 
TricerátopsE-mail
Tricerátops
  • Nome significa “rosto com 3 chifres”, devido a presença de três chifres, dois grandes ( 1m de comprimento) logo acima dos olhos e um menor (20cm de comprimento) na ponta do nariz;
  • Viveu entre 70 e 65 milhões de anos no final do Cretáceo onde hoje é a América do Norte;
  • Media 9m de comprimento, 3m de altura e pesava em torno de 6 a 8 toneladas;
  • Era herbívoro e se alimentava de vegetação rasteira. Tinha um bico semelhante a de um papagaio que ajudava a cortar plantas mais resistentes;
  • Tinha um “escudo” ósseo na parte de trás do crânio que protegia o pescoço e que possivelmente tenha tido alguma cor muito forte em vida, que era um mecanismo de defesa do animal, já que a combinação dos seus chifres e da cor do escudo poderia intimidar predadores e rivais da mesma espécie.
 
GallimimusE-mail
Gallimimus
  • Seu nome significa “ réptil imitador de galinha” nome dado devido a semelhança do seu esqueleto com os das aves, em especial o dos avestruzes modernos, fazendo com que os animais deste grupo sejam conhecidos como “dinossauros avestruz”;
  • Viveu a 70 milhões de anos atrás no final do Cretáceo, no que hoje é a Mongólia na Ásia;
  • Era um dos maiores “dinos avestruz” que se conhece atualmente, mas tem braços menores em comparação ao tamanho do corpo do que as outras espécies deste grupo;
  • Apresentava “ossos ocos” semelhante aos das aves modernas, isso reduziria o peso do corpo e permitira ao animal se movimentar com mais velocidade;
  • Se alimentava a base de insetos e plantas, podendo inclusive ter predado ninhos de outros dinossauros, se alimentando dos ovos;
  • Tinha 3m de altura e podia chegar a 6m de comprimento;
  • Possivelmente foi um animal muito veloz, chegando a velocidades perto de 40km por hora
  • Possivelmente tivesse penas no seu corpo.
 
AnquilossauroE-mail
Anquilossauro
  • Seu nome significa “réptil fusionado” devido a sua aparência maciça;
  • Viveu na América do Norte no final do Período Cretáceo;  
  • Era herbívoro;
  • Era quadrúpede. tinha membros fortes mas devido e possivelmente era um animal lento devido ao seu tamanho e constituição;
  • Media cerca de 11m de comprimento;
  • Apresentava no final da cauda uma clava que é característico dos animais desse grupo.
 
KritossauroE-mail
Kritossauro
  • Nome significa  “réptil separado”, as vezes mal interpretado como sendo “réptil nobre” devido a  aparência de ter um “ de nariz empinado”, mas seu nome é poque quando foi encontrado a região do seu nariz estava separada, fragmentado e foi originalmente reconstituído como sendo plano;
  • Viveu no final do Período Cretáceo no território que hoje são os Estados Unidos e também na Argentina;
  • Era herbívoro, se alimentava de vegetação rasteira;
  • Tinha cerca de 10m de comprimento, 4 metros de altura e poderia pesar até 4 toneladas;
  • Em vida, sua crista possivelmente apresentava pele de cada lado, cuja função poderia ser de resfriar o ar inalado ou ajudar a emitir determinados tipos de sons;
  • Se especula que a coloração da pele de animais desta espécie tenha servido como mecanismo de defesa, por apresentar tonalidades que permitiam ao animal se camuflar com o ambiente evitando assim possíveis predadores;
  • O dinossauro exposto na exposição é baseado em um esqueleto fóssil encontrado no México que recebeu o nome de “Isauria” pelos cientistas que a descobriram.
 
EuplocéfaloE-mail
Euplocéfalo
  • Nome significa “cabeça completamente bem protegida”;
  • Viveu há 75 milhões de anos, no final do Período Cretáceo, na América do Norte;
  • Era herbívoro, mas a sua dentição indicava que ele se limitava a comer brotos e outras vegetações rasteiras;
  • Grande parte de seu corpo era coberto com uma armadura, semelhante a dos tatus e armadilos modernos;
  • Tinha uma série de “espinhos” ao longo das costas, nas laterais do corpo e na cabeça. Os maiores das costas tinham 15cm de comprimento;
  • Na ponta de sua cauda havia uma estrutura semelhante a um martelo ou clava, que o animal usava para se defender;
  • Um golpe desta clava tinha força suficiente para quebrar osso.
 
Iguanodon ou IguanodonteE-mail
Iguanodon ou Iguanodonte
  • Nome significa “dente de iguana”, porque os dentes são muito similares aos dos répteis iguanas que existem no mundo atual;
  • Foi um dos primeiros dinossauros a ser reconhecidos pela ciência;
  • Viveram a 130 milhões de anos atrás, no início do período Cretáceo, na Europa;
  • Media entre 6 e 10 metros do comprimento;     
  • Sua cabeça apresentava um bico no focinho e sua boca tinha dentes fortes para triturar seu alimento, ele era herbívoro (se alimentava de plantas);
  • Suas mãos eram compostas de 5 dedos: três dedos modificados para suportar o peso do animal, indicando que o iguanadon era um quadrúpede; seu primeiro dedo era modificado na forma de um esporão que o animal possivelmente usava para defesa e coletar alimento; seu quinto dedo era modificado e tinha uma função similar ao dedão dos seres humanos;
  • Tinha pernas fortes para correr e uma cauda forte que ajudava a equilibrar o peso do corpo.  
 
AlossauroE-mail
Alossauro
  • Nome significa “réptil diferente”;
  • Viveu entre 150 a 140 milhões de anos atrás, no Jurássico Superior, nos Estados Unidos e possivelmente na Tanzânia e em Portugal;
  • Media até 12m de comprimento e até 4m de altura;
  • Pesava entre 2 a 3 toneladas;
  • Sua boca tinha cerca de 60 dentes, cada um com 5cm de comprimento e tinha garras nos dedos da mão que tinham 15cm de comprimento;
  • Era um carnívoro predador que caçava presas grandes, mas também poderia se alimentar de animais mortos;
  • Era bípede, com pernas muito musculosas e uma cauda pesada;
  • No topo da cabeça tinha um série de protuberâncias e chifres, que os cientistas acham que, em vida, deveriam ter uma cor bem forte quando o animal atingia a idade adulta.
 
BraquiossauroE-mail
Braquiossauro
  • Nome significa “réptil braço”, devido a diferença de tamanho entre os braços (maiores) e as pernas ( menores);
  • Viveu entre 150 e 140 milhões de anos atrás, no Jurássico Superior, na América do Norte, Europa, Ásia e África;
  • Pertencia ao grupo dos dinossauros de maior altura, com 22m de altura. Metade de sua  estatura total era do seu pescoço;
  • Pesava perto de 80 toneladas, quase 10 vezes mais que um elefante africano;
  • Usava seu pescoço longo para se alimentar de folhas nas copas de árvores muito altas, similar às girafas dos dias atuais;
  • Tinha dentes em forma de espátula que ele usava para retirar folhas de galhos das árvores. Não mastigava seu alimento;
  • Tinha um cérebro do tamanho de um cérebro de um gato doméstico atual, muito desproporcional em comparação ao tamanho do co
    PaquicefalossauroE-mail
    Paquicefalossauro
    • Nome significa “réptil de cabeça espessa ou grossa”;
    • Viveu entre 70 a 68 milhões de anos na América do Norte, durante o final do período Cretáceo;
    • Era o maior dinossauro deste tipo encontrado até hoje;
    • Apresentava pequenos chifres no focinho, nas bochechas e em volta do domo da cabeça;
    • O domo na cabeça era constituído de uma camada de osso com 20cm de espessura
    • Tinha um tamanho estimado de 4.5m a 8m de comprimento;
    • Se alimentava de uma dieta mista de folhas, sementes e insetos;
    rpo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário